[Martha Medeiros]
'Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos'




-De todas as sensações



Então a mediocridade me invadiu;
Senti-me tomada por algo que parecia ser eu rindo do meu próprio vexame;
Sensação irritante de estar me sentindo ridícula;
Sim, eu estava incontestavelmente com raiva;
A mesma que trazia consigo uma dor inalterável;
Que assumia total controle dos meus atos
E que me fez perder a consciência;

Eu quis poder influenciar as decisões daquele que me fez sonhar;
Exigir uma exclusividade absurda que me consumiu a paz;

Experimentei-me humana, perversamente humana

A insegurança destrói todo o amor próprio;
Com o medo que grita desesperadamente dentro de mim e que me aprisiona ainda mais;
Angústia desenfreada faz de mim uma refém;
Coloco tudo a perder, e perco.

E como apagar as chamas?
E como curar as marcas?
E como te trazer de volta?

Ciúme.
s.f. Zelo amoroso; inveja; receio de perder o objeto amado.

1 comentários:

Guilherme disse...

olha esse ae foi showw
vc tem caracteristica do realismo,gosto do teu estilo de leituras,escreve aquilo que sente
dentro do teu coração
uhahuahuahahuahauahaa
muito lindo
parabenss
beijones
=)

Assisti, e recomendo!

Loading...